quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Filias e fobias

Hoje de manhã, depois de uma "rave", eu chegava em casa com o meu novo namorado, o Marcondes.
Uma vizinha veio até nós e disse que me denunciaria por pedofilia.
— O Marcondes tem vinte anos — falei.
Ela olhou para ele, com nojo:
— Você é um gerontófilo! Isso é uma doença, precisa se tratar!
Então eu disse:
— Eu gostaria de denunciá-la por gerontofobia. Mas, acredite, isso ainda não é um crime.
— Vocês vão para o inferno!
Sorri e profetizei:
— Encontramos você lá.
Marcondes e eu entramos e fomos direto para a cama, pois estávamos exaustos!

Odete.